Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Obras garantem mais energia e desenvolvimento para o Maranhão.

Com localização estratégica para o mercado exterior, a capital São Luís e municípios próximos possuem forte polo industrial e alta demanda de energia elétrica. E neste sentido, são mais de 68 milhões de reais investidos que atenderão do polo industrial de São Luís até o polo turístico do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O investimento beneficiará diretamente cerca de 362 mil clientes.   

Fiema destaca a importância destas obras

Para o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez, a ampliação da capacidade de distribuição de uma das principais subestações que atende a cidade, como a subestação de Vila Maranhão, será um diferencial importante para atender as demandas necessárias ao crescimento desse importante polo industrial.

Totalmente automatizada, a nova subestação comportará linhas de distribuição capazes de atender clientes de grande porte em 69 KV (quilovolt), acompanhando o crescimento da zona industrial de São Luís - onde estão implantadas empresas como Ambev, Votorantim, Cimentos do Maranhão, Total Ferro, Coca-Cola, entre outros mercados prospectados, como o novo terminal portuário de São Luís e futuras expansões do Porto do Itaqui (EMAP). Além disso, beneficiará cerca de 47.542 unidades consumidoras residenciais.    

Para o Presidente da Equatorial Maranhão, Augusto Dantas, todo esse empenho contribuirá para o desenvolvimento da região norte do Maranhão, proporcionando mais crescimento para a indústria, comércio e turismo no Estado, levando melhoria na qualidade de vida de muitas famílias.    

Subestação Lençóis também compõe este conjunto importante de obras

Já no litoral do estado, para atender o crescimento do mercado impulsionado pelo turismo, foi iniciada em julho deste ano a construção da nova Subestação Lençóis. Localizada às margens da BR - 402, no município de Humberto de Campos, e com entrega prevista para dezembro deste ano, a subestação possibilitará uma maior qualidade da energia elétrica para os municípios de Humberto de Campos, Santo Amaro e Primeira Cruz. 

Além da nova subestação, também está sendo construída uma nova rede de distribuição, com 58 km, que interligará as subestações Urbano Santos e Lençóis. São mais de 25 milhões de reais investidos na ampliação do nível de tensão adequado e melhorias nas redes de distribuição.    

Leia mais: A Subestação Lençóis conta com sistema de recomposição automática

Subestações São José de Ribamar e São Bernardo terão transformadores substituídos.     

Também faz parte do plano de obras o aprimoramento de subestações e linhas de distribuição que já estão em funcionamento. Dois destaques são as Subestação de São José de Ribamar e São Bernardo que estão passando por melhorias e receberão a substituição do transformador (componente que modificará os níveis de tensão automaticamente) garantindo maior qualidade de energia.

A reestruturação deverá aumentar a estabilidade do fornecimento de energia no município, aumentando a capacidade de atendimento a novos empreendimentos.    

Texto: Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão.

Edição: Social Media - Equatorial Maranhão.

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.