Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Famílias quilombolas maranhenses recebem descontos na conta de luz

Já são mais de 8 mil beneficiários através do Programa Tarifa Social de Energia Elétrica.

Você sabia que as famílias quilombolas têm direito ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica? A tarifa social é um programa do Governo Federal que concede descontos de até 65% na conta de energia.

Além dos quilombolas, famílias indígenas (que possuem o RANI – Registro Administrativo de Nascimento Indígena), famílias inscritas no Cadastro Único, ou com integrantes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também podem receber este benefício na conta de energia.

Atualmente, no Maranhão já são mais de 870 mil famílias beneficiadas no programa, e entre elas, 8 mil são quilombolas. O José Mário Castro é da comunidade quilombola de Bem Finca, povoado do município de Serrano do Maranhão. Ele já está cadastrado no programa e destaca o quanto o desconto ajuda mensalmente na economia da família. “Antes eu pagava R$ 170,00 na minha conta de energia, mas agora, graças a Deus, com esse cadastro o valor baixou para R$ 40,00”, comenta. Ele incentiva a todos da comunidade a se cadastrarem também.

As famílias quilombolas inscritas no Cadastro Único que atendam aos requisitos têm desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês (quilowatts-hora por mês), e percebem os descontos da tabela a seguir.

Parcela do consumo mensal de energia elétrica Desconto
de 0 a 50 KWh 100%
de 51 kWh a 100 kWh 40%
de 101 kWh a 220 kWh 10%
a partir de 221 kWh 0%

No entanto, das quase 300 mil famílias que são potenciais beneficiárias e ainda não estão inscritos no programa, mais de 12 mil são quilombolas e estão perdendo a oportunidade de pagar uma conta de energia mais barata. Para Francila Soares, Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão, essas famílias precisam se cadastrar para garantir o desconto na conta de luz. “Nosso esforço está concentrado em fazer essa informação chegar a cada um desse mais de 12 mil clientes que ainda podem aderir ao programa e receber esse importante benefício. De posse dos documentos, é só procurar os nossos canais de atendimento para realização do cadastro e receber o desconto na fatura seguinte”, enfatiza.

Os 10 municípios maranhenses com o maior número de famílias quilombolas que ainda não têm o benefício da Tarifa Social são:

Município Clientes Potenciais
ALCANTARA 1205
MATINHA 930
SAO VICENTE FERRER 846
CAJARI 708
ITAPECURU MIRIM 702
SERRANO DO MARANHAO 567
MIRINZAL 494
PINHEIRO 370
BARREIRINHAS 280
10° SAO BENTO 272

Cadastro Tarifa Social de Energia Elétrica – Se você cumpre os requisitos e está inscrito no Cadastro Único, é quilombola, indígena ou tem o BPC, entre em contato com a Equatorial Maranhão pelo WhatsApp (98) 2055-0116, Central 116 ou pelo site www.equatorialenergia.com.br e solicite a opção de cadastro na Tarifa Social baixa renda. Caso você não seja o titular da conta, tenha em mãos também: nome completo do titular da conta, CPF, RG, data de nascimento e o nome da mãe.

Documentos para solicitar o benefício.

  • Documento de identificação com nome e CPF ou, na inexistência deste, outro documento oficial com foto, ou ainda, o RANI, no caso de indígenas;  
  • Conta contrato da unidade a ser beneficiada;  
  • Número de identificação social – NIS e/ou o Código Familiar no Cadastro Único ou o Número do Benefício – NB quando do recebimento do Benefício de Prestação Continuada – BPC;   

Relatório e atestado subscrito por profissional médico, em caso de famílias com uso continuado de aparelhos. 

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.